top of page
  • Foto do escritorDr. Leandro Bezerra

Figura Masculina em 3d  com joelho destacado e apresentando dor

A fratura de planalto tibial é uma lesão grave que afeta a parte superior da tíbia, osso localizado na perna. Ela ocorre quando há uma compressão excessiva na articulação do joelho, resultando em uma quebra na parte do osso que compõe o planalto tibial.

Essa lesão é mais comum em pessoas de meia-idade e idosos, devido à degeneração natural dos ossos e ao enfraquecimento dos tecidos conectivos. No entanto, também pode ocorrer em adultos jovens, especialmente em casos de traumas intensos, acidentes esportivos ou quedas graves.


Os sintomas da fratura de planalto tibial geralmente incluem dor intensa na região do joelho, inchaço, hematoma, dificuldade de apoio e movimentação do membro afetado, além de possíveis deformidades visíveis. É fundamental procurar atendimento médico imediato para um diagnóstico correto e um tratamento adequado.


O tratamento para a fratura de planalto tibial pode variar, dependendo da gravidade da lesão e de outros fatores individuais. Em alguns casos, quando a fratura é estável e não há deslocamento significativo, é possível utilizar métodos conservadores, como imobilização e repouso, associados à fisioterapia para promover a recuperação da articulação e fortalecimento muscular.


Entretanto, em fraturas mais complexas, é necessário o tratamento cirúrgico. Nesses casos, são utilizados dispositivos como placas e parafusos para fixar as partes fraturadas, restaurando a estabilidade da estrutura óssea. A reabilitação física é fundamental após a cirurgia, permitindo recuperar a força muscular e a amplitude de movimento do joelho.


É importante ressaltar que a fratura de planalto tibial requer cuidados e acompanhamento especializado com médico ortopedista contínuos para evitar complicações futuras, como problemas de mobilidade, artrite pós-traumática e dor crônica. O tempo de recuperação pode variar, mas é essencial seguir todas as recomendações médicas, incluindo a realização de sessões de fisioterapia e o uso adequado de órteses ou imobilizadores.


Prevenir a fratura de planalto tibial envolve a prática de atividades físicas regulares, evitando quedas e traumas diretos na região do joelho. É fundamental fortalecer os músculos e manter um peso corporal saudável para reduzir o risco de lesões ósseas.


Em resumo, a fratura de planalto tibial é uma lesão complexa que requer cuidados médicos ortopédicos especializados. O diagnóstico precoce e o tratamento adequado são essenciais para uma recuperação completa. Se você suspeita dessa lesão, é fundamental buscar ajuda médica o mais rápido possível.

Posts recentes

Ver tudo

תגובות


bottom of page